sábado, 2 de abril de 2011

STJ: Mantida ordem de prisão contra Mizael Bispo de Souza

Sábado, 02 de abril de 2011.




O desembargador convocado Celso Limongi, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou liminar ao ex-policial e advogado Mizael Bispo de Souza, denunciado pelo homicídio da advogada Mércia Nakashima, sua ex-namorada.

A defesa alegava falta de fundamentação no decreto da prisão preventiva e, assim, pedia a sua revogação.

Para o relator, em um exame preliminar, não há nenhuma coação ilegal manifesta que possa justificar a concessão da liminar. Dessa forma, determinou o encaminhamento do processo ao Ministério Público Federal (MPF) para a elaboração de parecer.

O mérito do habeas corpus será julgado pela Sexta Turma do STJ.
A notícia acima refere-se ao seguintes processo:
 
fonte: STJ
 

0 comentários:

Postar um comentário

Usuários pelo mundo

Visit http://www.ipligence.com